Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Bernardo

/home/bernardolx

/home/bernardolx

Apple apresenta novos SoC M3, M3 Pro e M3 Max

Apple M3.jpg

A Apple apresentou a nova geração dos seus chips ARM, os M3 seguindo a evolução das gerações anteriores e utilizando o processo de fabrico dos semicondutores de 3nm, desta vez com um lançamento em simultâneo dos M3, M3 Pro e M3 Max, tal com nos M1 e M2 ficará para mais tarde a apresentação do M3 Ultra.

 

Os novos chips vêm incrementar a capacidade e desempenho dos SoC nos computadores da marca e a par deste anúncio foram também revelados os equipamentos que vêm equipados com os novos M3, a começar pelos MacBook Pro de 14" com preços a começar nos €2049 com os 3 chips disponíveis e no de 16" a começar nos €3099 disponível com as versões mais potentes (Pro e Max), por fim no iMac que terá apenas a versão de entrada do M3 os preços começam nos €1629.

 

[ Apple unveils M3, M3 Pro, and M3 Max, the most advanced chips for a personal computer ]

 

Apple apresenta os seus novos SoC M2 Pro e M2 Max

Apple M2 Pro M2 Max.png

A Apple anunciou duas novas versões do seu SoC (System on a Chip) ARM da gama M2: o M2 Pro e o M2 Max depois de ter introduzido o M2 original no ano transato em alguns dos seus produtos, chegam agora as versões mais potentes do processador até à data tal como tinha acontecido com a anterior geração M1, podendo aparecer mais tarde a versão Ultra se houver sucessor para o M1 Ultra apresentado em 2022 para o Mac Studio.

 

Para o M2 Pro a Apple anuncia um incremento de 20% no número de transístores comparando com a anterior geração do M1 Pro e dispõe de duas versões: a de entrada com um CPU de 10 núcleos (6 de desempenho e 4 de eficiência) e GPU com 16 núcleos e a versão mais potente com um CPU de 12 núcleos (8 de desempenho e 4 de eficiência) e GPU com 19 núcleos, ambos podem contar com 16 ou 32GB de memória unificada com uma largura de banda de 200 GB/s.

 

Na versão M2 Max o incremento no número de transístores face à anterior geração M1 Max ronda os 15% com o número de núcleos no CPU igual à versão mais potente do M2 Pro, as principais diferenças centram-se no número de núcleos no GPU que pode ir até 38 e na memória unificada que pode chegar aos 96 GB com o dobro da largura de banda, até 400 GB/s.

 

Os novos chips chegam nesta primeira fase a duas das gamas da Apple, os Macbook Pro de 14" e 16" e ainda ao Mac mini embora neste apenas esteja disponível o M2 original e o M2 Pro, para mais tarde ficarão certamente os iMac e quem sabe uma nova geração do Mac Pro, o último a utilizar ainda processadores da Intel na gama da Apple.

 

Apple unveils M2 Pro and M2 Max: next-generation chips for next-level workflows ]

 

Apple apresenta novos MacBook Pro com SoC M1 Pro e Max

MacBook Pro 14 and MacBook Pro 16.png

A Apple acaba de renovar a sua linha de computadores portáteis de topo, os MacBook Pro, que tal como os MacBook Air e os iMac vêm agora equipados com os chips (SoC) M1 desenvolvidos especificamente para os computadores da marca norte-americana, estão disponíveis dois SoC melhorados relativamente aos primeiros M1 anunciados: o M1 Pro e o M1 Max.

 

Os novos MacBook Pro estão disponíveis com ecrãs Liquid Retina XDR de 14,2 e 16,2 polegadas (~36 e ~41 cm) respetivamente com resoluções de 3024 x 1964 pixels e 3456 x 2234 pixels (1.54:1) e até 120Hz de frequência de atualização, os chips M1 Pro vêm equipados com um CPU octa-core ou deca-core e GPU 14-core ou 16-core com memória partilhada até 32 GB enquanto o M1 Max conta com um CPU deca-core mas com um GPU com 24-core ou 32-core e até 64 GB de memória.

 

O armazenamento interno SSD começa nos 512 GB estando disponíveis discos até aos 8 TB, a câmara foi finalmente renovada e suporta agora uma resolução de 1080p, nas interfaces a Apple também aposta em mais diversidade com 3 portas Thunderbolt 4 (USB-C), 1 porta HDMI, um slot para cartões SD, uma porta de áudio de 3.5 mm e o regresso da MagSafe 3 embora seja possível carregar também através das portas USB.

 

Os novos MacBook estão disponíveis em duas cores: "Space Gray" e "Silver" com preços em Portugal a começar nos €2349 e até aos €3949 nas versões base embora o preço aumente facilmente com as opções extra na memória e no armazenamento.

 

MacBook Pro - Apple ]

 

Apple apresenta novidades nos iMac, TV, iPad Pro e os novos AirTag

 

Numa apresentação de Primavera a Apple lançou algumas novidades no seu portefólio de hardware e serviços para o presente ano com um reforço da aposta no seu próprio SoC M1 que passa a estar disponível no iMac e no iPad Pro, depois de o ter introduzido no final do ano passado nos MacBook Air e Pro e ainda no Mac mini.

A maior novidade apresentada foi então um novo modelo do iMac com um ecrã de 23,5 polegadas (~60 cm) e uma resolução de 4480 por 2520 pixels, equipado com um SoC M1 que inclui um CPU octa-core, GPU hepta- ou octa-core consoante a versão, 8GB ou 16GB de memória integrada e um Neural Engine hexadeca-core.

Com a utilização do M1 a Apple conseguiu reduzir ainda mais o tamanho do iMac e temos agora um dos mais finos computadores disponíveis no mercado com 11,5 mm e apenas 4,4 Kg de peso, destaque para a câmara com uma resolução FullHD (1080p) e o sistema de áudio com seis colunas/woofers e três microfones para uma qualidade de som melhorada mesmo com ruído de fundo.

Nas interfaces disponíveis a versão base conta com duas portas Thunderbolt/USB 4 e uma saída áudio de 3,5 mm sendo que a versão mais equipada conta com uma adição de duas portas USB, a interface de energia é agora magnética para uma utilização mais fácil e é possível ligar um cabo de rede RJ45 ao transformador sem ter de estar diretamente ligado ao ecrã.

O novo iMac estará disponível em sete cores: azul, verde, rosa, prateado, amarelo, laranja e roxo, com os periféricos Magic Keyboard (incluindo uma opção com Touch ID) e Magic Mouse a combinar as mesmas cores, os preços começam nos €1499 para a versão base e os €1719 para a versão mais equipada.

 

Apple iMac 24.jpg

 

Dos computadores para a televisão, a Apple apresentou uma nova geração da sua TV box, a Apple TV 4K com um novo comando que inclui a assistente Siri para facilitar a interação com o sistema, vem equipada com o CPU A12 Bionic para um melhor desempenho e permite agora a utilização de um iPhone para automaticamente calibrar as configurações da televisão e tirar o melhor partido dos conteúdos disponíveis na Apple TV+, no Fitness+, no Apple Music ou ainda nos jogos na plataforma Apple Arcade, os preços começam nos €199 na versão com 32GB e €219 na versão com 64GB.

Apple TV 4K.jpeg

Outra novidade apresentada foi uma nova geração do iPad Pro que passa a contar também com um SoC M1, com duas opções de tamanhos disponíveis: 11 polegadas (~28 cm) e 12,9 polegadas (~33 cm), com a versão de maiores dimensões a ganhar um ecrã Retina XDR para imagens e vídeos de maior qualidade.

Nas ligações sem fios a nova geração suporta também nas rede 5G o mmWave e Wi-Fi 6 (802.11ax) para ligações mais rápidas e de alta disponibilidade, as câmaras foram também melhoradas com uma frontal Ultra Wide de 12MP e traseiras Wide de 12MP e Ultra Wide com 10MP apoiadas pelo sensor LiDAR para resultados ainda melhores e utilizações de realidade aumentada, os preços começam nos €909 para a versão mais pequena e1229 para a maior.

Apple iPad Pro 11-12.jpeg

 

A Apple apresentou ainda um novo equipamento, as AirTag, um pequeno beacon de localização com 3,19 cm e 11g de peso para localizar qualquer objeto desde umas chaves até malas de viagem por exemplo de forma fácil utilizando a aplicação Find My, com um preço de €35 a unidade ou €119 um conjunto de quatro.

Apple AirTag.jpeg

[ iMac 24 | iPad Pro | AirTag ]

 

Apple apresenta novos produtos: Arcade, Card, News+ e TV+

A Apple apresentou hoje no auditório Steje Jobs na sua sede em Cupertino na Califórnia algumas novidades em serviços que pretende que reforcem a sua posição no mercado, nomeadamente: um cartão de crédito - Apple Card, um serviço de subscrição de jogos - Apple Arcade, um serviço de subscrição de jornais e revistas - Apple News+ e finalmente um serviço de subscrição de vídeo para séries, filmes e documentários - Apple TV+.

 

Apple Card iPhoneXS.jpg

 

Estas quatro novidades vêm dar relevância à Apple nestas área uma vez que existem fortes concorrentes a crescer e que assim permitem à empresa californiana ter a sua quota parte, a começar pelo cartão de crédito Apple Card, que estará integrado na aplicação Apple Wallet e poderá ser utilizado com o Apple Pay para uma utilização mais simples e vantajosa para o utilizador e com menos taxas em relação a cartões bancários, para disponibilizar este serviço a Apple associou-se ao banco Goldman Sachs e à rede de pagamentos Mastercard para uma cobertura mundial.

 

Apple Arcade.jpg

 

Dias depois da Google ter apresentado o Stadia, a Apple apresenta o Apple Arcade, uma plataforma por subscrição de jogos que pode ser utilizada nos smartphones, num computador ou numa televisão e que ficará disponível com mais de 100 jogos facilmente acessíveis em qualquer lugar.

 

Na informação a Apple aposta no News+, igualmente por subscrição os utilizadores nos E.U:A e Canada podem aceder a mais de 300 publicações incluindo revistas e jornais e ainda artigos personalizados consoante as preferências de cada utilizador.

 

Apple TV Plus.jpg

 

Finalmente nos conteúdos de vídeo a aposta vai para o TV+ que a par da actualização da aplicação Apple TV irá proporcionar aos utilizadores vários tipo de conteúdo desde séries, a filmes e documentários de vários canais / produtoras, mais uma concorrente num mercado onde já operam o Netflix, a Amazon Prime Video ou o YouTube Premium por exemplo.

 

[ Introducing Apple Card, a new kind of credit card created by Apple ]

[ Apple introduces Apple Arcade — the world’s first game subscription service for mobile, desktop and the living room ]

Apple launches Apple News+, an immersive magazine and news reading experience ]

[ Apple unveils Apple TV+, the new home for the world’s most creative storytellers ]

 

Apple apresenta iPhone 7, AirPods e Watch Series 2

 

 

A Apple acaba de apresentar o iPhone 7 e mais algumas novidades no seu portfólio de produtos, nomeadamente a segunda geração dos seus smartwatches com o Watch Series 2 e uma novidade, os AirPods, auriculares sem fios que embora inovadores rompem de forma drástica com os tradicionais, só o tempo dirá se serão bem aceites pelos utilizadores.

 

O novo iPhone 7 estará disponível em duas versões que diferem essencialmente no tamanho e nas câmaras traseiras, assim o novo iPhone 7 vêm com um ecrã de 4,7" (750 x 1334 pixels) e medindo aprox. 138 x 67 x 7 mm com 138g de peso, a câmara principal permite uma resolução de 12 MP (f/1.8) e vídeo até 2160p e a frontal até 7MP e vídeo até 1080p, por seu lado a versão Plus vêm equipada com um ecrã de 5,5" (1080 x 1920 pixels), dimensões aprox. de 158 x 78 x 7 mm e pesando 188g, nas câmaras a diferença reside na dupla traseira onde o Plus traz duas de 12 MP (f/1.8, 28mm e f/2.8, 56mm) que permitirá melhores resultados gerais e em particular quando o zoom é necessário.

 

Com a versão 7 o iPhone perde a tradicional ligação áudio de 3,5 mm ficando apenas disponível a ligação proprietária da Apple, o Lightning Connector, ainda assim e porque a adaptação dos utilizadores e do mercado em geral levará algum tempo vem incluído um adaptador.

 

Comum a ambas as versões será o iOS 10 que a cada iteração vem mais refinado e com algumas novidades, no interior os novos iPhones vem equipados com o SoC quad-core A10 e o coprocessador M10 e um GPU hexa-core, na memória interna estarão disponíveis as versões com 32, 128 e 256 GB, nas cores estão disponíveis 5 opções: Rose Gold, Silver, Gold, Black e Jet Black.

 

A chegada ao mercado está agendada para o próximo dia 16 de Setembro com os preços a começar em €799 / €919 (32 GB), passando pelos €889 / €1029 (128 GB) e a terminar nos €999 / €1139 (256 GB), respectivamente para a versão 7 e 7 Plus.

 

A par dos novos iPhone a Apple apresentou também melhorias no seu smartwatch, designado agora por Series 2, que virá equipado com o novo processador S2 dual-core, watchOS v3.0 e GPS integrado entre outras pequenas melhorias em relação à geração anterior.

 

 

 

Mas a maior novidade foi a apresentação dos AirPods, auriculares wireless que permitem ouvir música e atender chamadas com simples toques nos mesmos com autonomia para 5 horas e total de 24h utilizado a base de carregamento, chegam às lojas lá mais para o final de Outubro e com um preço de €179.

 

[ Apple (Portugal) ] 

Netflix chega a Portugal

Netflix_Logo.png

O Netflix está a partir de hoje disponível em Portugal e traz consigo a possibilidade de aceder a um grande número de filmes, séries e documentários de forma simples e em praticamente qualquer dispositivo em qualquer lugar com uma ligação à Internet.

 

O serviço de streaming foi criado nos Estados Unidos da América em 1997 e desde então tem crescido e tem-se expandido um pouco por todo o Mundo, está hoje presente em mais de 80 países, cobrindo todo o continente Americano, praticamente toda a Europa ocidental incluindo agora Portugal, Espanha e Itália, e ainda alguns mercados na Ásia e Oceânia.

 

Embora os conteúdos disponibilizados variem de região para região o serviço em si é uma excelente oferta pois permite aceder aos filmes, séries e documentários quando e onde o utilizador quiser sem estar dependente de opções de terceiros e coma facilidade de ver em diferentes dispositivos como numa smart TV, através de consolas de jogos como a PlayStation ou a Xbox, através do Chromecast ou da Apple TV, em equipamentos móveis como tablets e smartphones ou ainda directamente num computador através de um web browser.

 

Como incentivo a experimentar o serviço o primeiro mês é gratuito pelo que é quase obrigatório experimentar para testar o serviço e avaliar a sua capacidade, a partir daí estão disponíveis três pacotes, o BASE a €7,99 , o STANDARD a €9,99 e o PREMIUM por €11,99, a diferença entre eles é apenas no número simultâneo de acessos e na resolução disponibilizada, o pacote base permite apenas 1 utilização em SD, o standard já permite 2 utilizações e conteúdos em HD e o pacote de topo a utilização de até 4 pessoas e conteúdo em Ultra HD quando disponível.

 

Os utilizadores podem cancelar a qualquer momento o serviço sem complicações uma vez que o mesmo não pressupõe qualquer fidelização, em Portugal os clientes Vodafone do serviço Tv Net e Voz poderão utilizar o serviço a partir da set-top-box através de uma aplicação já disponível (mais informação). 

 

[ Netflix ]

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

PGP

Key ID: 6E0E42C31AB8377D | ECC (ed25519)
Fingerprint: 1EB3 F7FB D037 43A7 2FCB
1199 6E0E 42C3 1AB8 377D

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D