Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Bernardo

/home/bernardolx

/home/bernardolx

Google Fit chega ao Android para monitorizar actividades físicas

Google Fit.png

 

Uma das novidades desvendadas no Google I/O 2014 foi a apresentação do Google Fit, uma plataforma de monitorização das actividades físicas dos utilizadores utilizando o smartphone ou um smartwatch e que agora fica disponível na Play Store.

 

As aplicações de registo de actividades físicas estão disponíveis em grande número e cada vez com mais adeptos e a Google que tinha uma presença nesta área muito residual com o My Tracks entra assim com uma aplicação mais completa e que tira proveito das capacidades dos vários equipamentos para mostrar e incentivar a uma maior actividade física.

 

Assim o Google Fit utiliza os vários sensores para identificar os diferentes movimentos e registar as activiaddes do utilizador quando este se encontra a andar, a correr ou de bicicleta, podendo definir objectivos e consultar os dados que na aplicação quer online em https://fit.google.com/.

 

Uma das vantagens desta nova aplicação é a sua abertura a outras de fitness como o Strava, o Runtastic ou Runkeeper por exemplo permitindo assim a partilha de dados e tornando a monitorização das várias actividades mais simples e sem ter de recorrer sempre à aplicação em causa aquando da realização de um exercício físico.

 

[ Google Fit: An effortless, comprehensive view of your fitness. ]

Novo rumo e nova casa aqui no blog pessoal!

Após cerca de 5 anos online (ultimamente com uma frequência muito menor que a desejada na publicação de artigos) aqui o meu blog pessoal vai rumar a novos horizontes e voltar à "actividade normal".

 

Depois de ter passado por um excelente alojamento web e utilizado a igualmente excelente plataforma WordPress o futuro passará por outras paragens, os recursos da anterior solução (e mantendo agora apenas o blog) estavam muito acima das necessidades pelo que não se justificava mantê-la, foi então que comecei a explorar alternativas para manter o blog e das várias opções disponíveis a opção recaiu sobre o SAPO Blogs.

 

Já há uns anos tinha experimentado o serviço de blogs do SAPO mas tinha ficado com a ideia de ser uma plataforma muito básica e com uma má interface pelo que não passou de uma curta experiência, hoje é algo completamente diferente e para o que queria pareceu-me a melhor solução a adoptar, um detalhe muito importante é a integração com a MEO Cloud, excelente serviço de alojamento que entre outras valências permite guardar ficheiros e utilizá-los directamente no blog.

 

Os artigos anteriores a Outubro de 2014 (importados do WordPress) podem apresentar uma formatação incorrecta, links sem destino ou desactualizados e sem as imagens ou vídeos embutidos pelo que estarão apenas como histórico dos primeiros anos de blogger, assim esta será a minha nova casa no sítio bernardolx.pt ou em alternativa bernardolx.blogs.sapo.pt/.

 

Aproveito ainda para agradecer publicamente à equipa de suporte do SAPO Blogs que me ajudou a ultrapassar um pequeno problema com a migração do WordPress; comentários, opiniões e sugestões são sempre bem vindos...

 

  

Inbox by Gmail promete optimizar o "tradicional" e-mail

 

O e-mail é um dos serviços mais antigos disponibilizados na Internet e desde a sua criação que tem mantido a sua funcionalidade básica: trocar mensagens entre utilizadores, e embora as formas de comunicações tenham evoluído bastante o e-mail mantém-se como uma das principais ferramentas de contacto.

 

Mas a evolução não pára e por vezes a simplicidade do e-mail torna-o numa ferramenta pouco eficiente e por vezes mal utilizada, a pensar nisso e como forma de inverter essa situação a equipa por detrás do Gmail acaba de apresentar uma nova plataforma de e-mail "2.0", o Inbox, que permite uma gestão mais eficiente e adaptável de mensagens.

 

O Inbox será um gestor de e-mails com um assistente pessoal incorporado, algo idêntico à aplicação Mailbox da Dropbox que permitirá configurar uma ou mais contas de e-mail e tirar o melhor partido das mesmas.

 

As principais funções do Inbox são o Bundles que organiza os e-mails por categorias de forma automática e pela preferência do utilizador (como as categorias no Gmail), o Highlights que tem como função destacar as informações mais importantes numa mensagem como por exemplo fotografias, documentos, informações sobre voos e localizações.

 

E para completar a parte do assistente pessoal o Inbox inclui as opções de Reminders, Assists e Snooze que permitem definir alertas para mais tarde ou a uma determinada hora ou local, complementar com informação útil por exemplo se o utilizador fizer uma reserva num restaurante a aplicação mostra um mapa com o caminho até ao local, as horas de funcionamento e os contactos do restaurante, o com a função de snooze é possível despachar para mais tarde algo que não seja urgente no momento mas que também não fique esquecido no meio das mensagens.

 

Numa primeira fase o acesso ao Inbox estará apenas disponível por convite através do e-mail inbox@google.com ou de alguém que já tenha acesso ao serviço, mais detalhes no site https://www.google.com/inbox/, os clientes Android tem já disponível a aplicação no Google Play.

 

[ An inbox that works for you ]

Google já permite utilizar Security Key no 2-Step Verification

A autenticação em dois passos em serviços online é uma realidade que já se verifica há algum tempo e é disponibilizado por várias empresas como a Apple, Dropbox, Facebook, Google, Lastpass, Microsoft, SAPO entre muitas outras, e tem por objectivo adicionar mais uma camada de segurança aquando do acesso por um utilizador ao serviço.

 

No caso da Google a opção disponível até à data era a aplicação Google Authenticator que permite adicionar contas (não só do Google) e que gera códigos TOTP (Time-based One-time Password) de seis dígitos a cada trinta segundos e que em conjunto com a password permitem o acesso à conta do utilizador, mas a partir de hoje além desta opção fica disponível também o acesso com uma Security Key.

 

A configuração pode ser feita através das definições de segurança da Google em https://www.google.com/settings/security, adquirindo uma pen USB que suporte o protocolo Universal 2nd Factor (U2F) proposto pela FIDO Alliance e utilizando o web browser Google Chrome (por enquanto o único capaz de realizar a operação) tornando assim o acesso mais seguro e prático.

 

Mais detalhes sobre a Security Key podem ser consultados nas páginas de suporte: aqui e aqui, uma das principais empresas que tem apostado na autenticação em dois passos é a Yubico que vende pens USB que já suportam este protocolo a partir de $18 (cerca de €14) ou com suporte a NFC (Near Field Communication) por $50 (aprox. €39).

 

Strengthening 2-Step Verification with Security Key ]

Vodafone avança para o LTE Advanced e adiciona mais países com roaming 4G

A multinacional britânica de telecomunicações Vodafone está a levar a cabo um plano de investimentos na melhoria das suas redes de telecomunicações e serviços nos mercados onde opera e a mais recente aposta está na disponibilização do LTE Advanced que permitirá velocidades de acesso mais elevadas, em teoria até aos 300 Mb/s no downstream.

 

Assim no caso de Portugal os clientes com acesso à rede 4G/LTE e com equipamentos de Cat 6 poderão tirar partido de uma maior velocidade no acesso à Internet, nesta primeira fase apenas algumas zonas nas cidades de Lisboa e Porto estarão cobertas com este tipo de acesso mas está previsto o alargamento a outras cidades nacionais.

 

A rede LTE Advanced ou 4G+ assenta na utilização de largura de banda nas faixas de frequências assignadas à Vodafone nos 1800 MHz (Band 3) e 2600 MHz (Band 7) e utiliza a agregação de duas ou mais faixas de frequências (cada canal até 20MHz) para aumentar as velocidades de transmissão disponibilizadas.

 

Na Vodafone Portugal estão actualmente disponíveis dois equipamentos com suporte a estas novas velocidades, são eles o Samsung Galaxy Alpha à venda por €590 e o router Vodafone 4G B4000 (Huawei E5186) por €290.

 

Além da disponibilização do LTE Advanced a Vodafone adicionou também mais países à lista de acordos de roaming 4G, totalizando já 23 países, nos operadores Vodafone na Alemanha, Espanha, Grécia, Holanda, Itália, Reino Unido e Roménia e através de outros operadores na Bélgica (Proximus), Coreia do Sul (KT Freetel), França (SFR), Noruega (Telenor), Singapura (Starhub), Suíça (Swisscom), Taiwan (FarEasTone) entre mais alguns mercados.

 

[ Vodafone disponibiliza Internet Móvel mais rápida do que a rede fixa: 300Mbps ]

Apple apresenta novos iPad e iMac com ecrã Retina 5K

Num evento especial que decorreu hoje na sua sede em Cupertino a Apple apresentou algumas novidades no seu software e hardware que chegarão muito em breve às lojas e preparam já o boom de vendas de final de ano da empresa.

 

O evento começou com uma análise de vendas dos novos iPhone 6 e 6 Plus e sobre o serviço de pagamentos Apple Pay que estará disponível na próxima semana, o Apple Watch foi também alvo de intervenção ao ser apresentado o WatchKit que será uma ferramenta para o desenvolvimento de aplicações para o relógio deverá ser posto à venda em 2015.

 

Ao nível de software a Apple apresentou já algumas linhas de orientação para o iOS 8.1 que irá introduzir melhorias e algumas novidades ao sistema operativo móvel da empresa, e a par destas novidades fica a partir de hoje disponível a versão final do Mac OS X Yosemite.

 

 

Passando ao hardware foi apresentada a nova versão do iPad Air 2 com uma largura de apenas 6,1mm, virá em duas versões, uma só com Wi-Fi e outra com suporte a Wi-Fi e redes móveis com capacidades de 1664 e 128GB, um ecrã Retina de 9,7" (2048 x 1536 pixels) e uma resolução de 264 ppi, no processamento conta com a dupla A8X (64-bit) e M8.

 

Os preços começam nos €509 para a versão Wi-Fi de 16GB e vão até aos €829 para a versão Wi-Fi mais redes móveis com 128GB, estão disponíveis três cores: prateado, dourado e cinzento. 

 

Foi também apresentado um novo iPad mini 3 com características idênticas mas com um ecrã de 7,9" com a mesma resolução e com a dupla de processadores A7 (64-bit) e M7, os preços variam entre os €409 e os €729.

 

 

Mas a grande novidade esta reservada para o fim com o anúncio de um novo iMac de 27" com ecrã Retina e uma impressionante resolução de  5210 x 2880 pixels, apelidado de ecrã 5K o preço começa nos €2699 para a versão com um Intel i5 quad-core a 3,5GHz, 8GB de memória RAM, Fusion Drive com 1TB e placa gráfica AMD Radeon R9 M290X 2 GB GDDR5.

 

O membro mais modesto da família, o Mac mini foi também actualizado com novos processadores e portas Thunderbolt 2 com preços das versões base a variar entre os €519 (1,4 GHz c/ 4GB RAM) e os €1049 (2,8 GHz c/ 8GB). 

 

[ Special Event October 2014 ]

Google apresenta Android 5.0 "Lollipop" e novos Nexus

 

Tal como apontavam alguns rumores a Google apresentou hoje uma nova versão do seu sistema operativo, o Android 5.0 "Lollipop" que tinha sido introduzido no evento Google I/O 2014 como "Android L" e que agora chega à sua versão final, de entre as muitas novidades destaque para uma renovada interface gráfica que assenta no conceito de Material Design e na adaptação do Android aos diferentes tipos de utilizadores, desde o particular ao empresarial.

 

Um dos pontos de melhoria na nova versão do Android é a sua utilização em diferentes dispositivos (como smartphones e tablets) de uma forma transparente onde a interacção é mais consistente e intuitiva, com o Lollipop os utilizadores ganham também mais controlo sobre o equipamento nomeadamente nas notificações facilmente adaptáveis ao contexto.

 

Na utilização de energia, um do pontos críticos de qualquer equipamento, o Android 5.0 permite também um consumo mais optimizado e em caso de necessidade reduzir ao essencial o gasto de energia para que o utilizador não fique offline, todas as novidades e melhorias desta nova versão podem ser consultadas na página oficial do Android.

 

Novo software "implica" novo hardware e a par do lançamento do Lollipop a Google apresentou também três novos equipamentos da sua bem sucedida gama Nexus: o Nexus 6, o Nexus 9 e o Nexus Player.

 

 

O novo Nexus 6 é um phablet construído em conjunto com a Motorola (ex-Google, actualmente Lenovo) com um ecrã 16:9 de 5,96" QuadHD (493ppi), duas colunas frontais e equipado com uma CPU quad-core Krait 450 (Snapdragon 805) 2.7GHz e GPU Adreno 420.

 

A câmara principal de 13MP com estabilização óptica de imagem, flash dual LED e uma abertura de lente f/2.0 garantirá fotografias de melhor qualidade e vídeos até resoluções 4K@30fps e com os vários modos permitir criar autênticas obras de arte, a câmara frontal HD é de de 2MP.

 

Na conectividade o Nexus 6 está preparado para redes LTE Advanced e redes wireless 802.11ac, na questão de autonomia além de incluir opções de poupança de energia vem equipado com uma bateria de 3220mAh, estará disponível em duas cores: "Midnight Blue" e "Cloud White" e em duas capacidades: 32 e 64 GB, o início de vendas fica agendado para o final de Outubro na Play Store.

 

O segundo Nexus apresentado foi o novo Nexus 9 em parceria com a HTC que conta com um ecrã 4:3 de 8,9" QXGA, um sistema de colunas HTC BoomSound, CPU 64-bit NVIDIA Tegra K1 Dual Denver a 2.3GHz e GPU Kepler com 192 cores.

 

A câmara principal com 8MP f/2,4 e secundária de 1,6MP permitem captar com elevada qualidade qualquer momento para preservar, a suportar toda esta capacidade de processamento está uma bateria de 6700 mAh, estará disponível nas versões Wi-Fi e LTE e nas capacidades de 16 e 32 GB

 

E por fim mas não menos importante foi a apresentação do Nexus Player que será o primeiro equipamento destinado ao projecto Android TV, também apresentado no Google I/O 2014, é uma parceria com a Asus para um media player não só focado no vídeo e áudio mas também nos jogos, suportará também as funções do Google Chromecast.

 

O Android 5.0 "Lollipop" além dos novos equipamentos ficará também disponível para os Nexus 4, 5 (que continua em venda), 7, 10 e para as versões dos equipamentos Google Play edition.  

 

Android: Be together. Not the same. ]

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

PGP

Key ID: 926B599E
Fingerprint: 8150 FBCE 8905 8016 F669 AA2C FB43 9BA2 926B 599E

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D